Os últimos dias de um “resort fantasma” em Aruba

Apesar deste não ser um blog de exploração de lugares abandonados, como vários que existem na internet, é um assunto que acho interessante e por isso resolvi fazer este post sobre uma visita a um grande resort abandonado em Aruba.

O Bushiri Beach Resort foi um resort “all inclusive” localizado em Oranjestad, capital de Aruba. Tratava-se de um grande complexo junto à praia com 155 quartos, piscinas, duas quadras de tênis, cassino, bar, etc.

Até onde consegui descobrir foi inaugurado em 1979 e era de propriedade do governo da ilha. Em suas dependências havia uma escola de formação em hotelaria, contando com muitos estudantes que lá aprendiam na prática para depois trabalhar em outros hotéis e resorts de Aruba.

Devido à má gestão, o Bushiri foi fechado no início dos anos 2000 e assim ficou até hoje, deteriorando-se.

Desde então o governo de Aruba vinha tentando dar algum destino ao local. Algumas tentativas de venda para grandes redes de hotéis foram frustradas e cada vez mais as instalações estão em piores condições. Um novo projeto, bastante apoiado pela população, pretende demolir tudo de vez e criar mais uma praia pública na ilha, visto que muitas por lá são particulares.

Justamente quando eu estava finalizando este post (final de agosto de 2017) apareceram notícias na internet de que a demolição finalmente foi iniciada pelo governo de Aruba, com um prazo estimado de até 55 dias para a conclusão. Isso torna o assunto até mais interessante, visto que as fotos, de maio de 2017, retratam então os últimos dias do conjunto de construções.

Não consegui informações do ano exato em que o Bushiri Resort foi fechado, mas tudo leva a crer que foi em 2002, pois ainda achei muita papelada lá dentro e as datas mais recentes que encontrei foram sempre de 2002.

O interessante é que o local foi fechado com praticamente tudo dentro, desde computadores nos escritórios até TVs, cortinas e colchões nas camas dos quartos! Provavelmente seria um fechamento provisório, mas a reabertura nunca aconteceu. Como Aruba tem um clima muito seco, mesmo passados 15 anos muita coisa ainda estava conservada. E, considerando-se todo esse tempo, o local não foi tão depredado, visto que as condições econômicas dos habitantes da ilha são boas e que grande parte de quem passa por lá são turistas.

Então vamos às fotos. Essa exploração, como já citei, foi feita em maio de 2017. Consegui algumas fotos em baixa resolução do tempo que o resort ainda funcionava, a maioria em sites antigos esquecidos na internet.

Em tempo:

  1. Não havia absolutamente nada impedindo a entrada no local, muita gente entra lá, e nada foi trazido das instalações, a não ser fotos.
  2. O autor deste blog entrou por sua conta e risco e não aconselha ninguém a fazer o mesmo em locais semelhantes, visto que o local apresentava perigos, como objetos cortantes, escadas sem pega-mãos, fossos de elevadores sem proteção, risco de encontrar animais peçonhentos, etc. Além do mais, mesmo em total abandono, o local continua pertencendo ao governo de Aruba. Então as fotos visam apenas registrar, por mera curiosidade, um local que teve seus tempos de glória, por onde passaram muitas pessoas, e que agora está destinado a desaparecer.
001

A fachada de um dos prédios do resort em maio/2017 e na foto menor o mesmo lugar nos anos 90

002

O resort nos seus últimos anos de funcionamento e em 2017

003

A face de um dos prédios voltada para a praia, em fotos antigas e em 2017

004_lobby

Não é o mesmo ângulo nas duas fotos, mas este era o lobby do hotel. Notar a escada que aparece em ambas as fotos

005_2o andar

Subindo a escada, essa era a visão no 2º andar

006_2o andar

Um sofá do mesmo modelo dos que aparecem na foto menor

007

A piscina dos adultos vista do 2º andar, em fotos antigas e o que restou em maio de 2017

008

Piscina

010

Um quarto ainda com revestimentos nas paredes

010b

Cartões de hóspedes…

011.jpg

…e o que sobrou da fechadura eletrônica de um quarto.

012

O banheiro de um quarto

013

Quartos, antes e depois

014

Cabides no armário de um quarto

015

Balcão em um quarto

016

Quartos, antes e depois

017

vista de um quarto para a praia

018

Outro banheiro

019

Um quarto com equipamento de cozinha

020

Parece que alguém usou esse quarto algum tempo após o fechamento do resort. Um vigia talvez?

021

Quartos, antes e depois… Notar a cabeceira de cama

022

Informativo de telefones para os hóspedes

023

Revistas de 2002. Ainda havia muitas destas espalhadas pelos quartos…

024

…principalmente esta, também de 2002. Quase todo quarto ainda tinha uma.

025

Restos de uma TV

026

Placa jogada no chão

027

Outra placa, ainda na parede

028

Quartos, antes e depois…

029

Um quiosque do antigo bar da piscina

030

Não perturbe…

031

elevadores

032

Esse era o cenário nos corredores. Toda a fiação elétrica foi levada e dava pra ver que em alguns lugares fizeram fogueiras para separar o cobre do revestimento dos fios.

033

Uma cúpula de abajur…

034

…e os restos de um estoque delas onde deve ter sido o almoxarifado.

035

O que restou da lavanderia

036

Lavanderia

037

Lembrança de algum Natal…

038

Um pedido de uma Fanta Laranja em 21/02/2002

040

Armários de um vestiário…

039

…e dentro de um deles um adesivo dos bombeiros de Aruba de 1987/1988

041

Livro da manutenção de setembro de 1998 a março de 1999 e…

042

…dentro dele anotações do cotidiano do resort: coisas que quebraram, conserto de TVS, etc…

043

Uma máscara do reveillon de 2000, frente…

044

…e verso.

045

Uma opinião de um hóspede americano no ano 2000: música muito alta…

046

Restos de material de escritório

047

Um cartão de registro de hóspedes

048

Nestas anotações de 15/04/1999, entre outras coisas, um hóspede com suspeita de intoxicação e o esquecimento de uma câmera Kodak num táxi…

049

O que restou de um telefone

050

Quiosques entre a piscina e a praia

051

O que restou do restaurante do resort.

Notícias do início da demolição (escritas em papiamento):

http://www.boaruba.aw/minister-di-infrastructura-benny-sevinger-awo-cu-a-cuminsa-desmantela-ex-bushiri-hotel-por-sigui-cu-e-plan-pa-desaroya-henter-e-area/

http://www.boaruba.aw/prome-minister-mike-eman-ta-hopi-satisfecho-desmantelacion-di-ex-bushiri-hotel-ta-pone-un-area-grandi-di-tereno-bek-den-man-di-pueblo/

Reafirmo: este blog não incentiva ninguém a entrar lá. Em hipótese alguma esse local pode ser considerado um ponto turístico de Aruba e mesmo o local estando totalmente depredado e abandonado, as fotos foram feitas sem interfir ainda mais no local. E nada foi retirado de lá.

NOTE: this blog does not encourage anyone to go in this (or others) abandoned place. Under any circumstances can this place be considered a tourist spot of Aruba and even the place being totally depredated and abandoned, the photos were made without interfering  in the place. And nothing was taken away from there. The photos are only intended to record, by mere curiosity, a place that has had its times of glory, where many people passed, and which is now destined to disappear.

Anúncios

Sobre viajar e ampliar seus horizontes

Gavin Aung Than é um cara que se dedicada a adaptar citações de pessoas famosas para histórias em quadrinhos. O autor é um designer gráfico que largou o emprego para se dedicar às suas paixões, ilustração e cartum, e publica seus trabalhos no seu site Zen Pencils.
Essa tirinha foi inspirada em frases de Mark Twain e pra mim guarda grandes verdades:

zen-pencils-058